Olhem que interessante o site de solos culturais: http://solosculturais.org.br/


o que é?

O projeto “Solos Culturais” é uma iniciativa que visa formar 100 jovens, com idades entre 15 a 29 anos, de cinco diferentes territórios – Cidade de Deus, Complexo do Alemão, Complexo da Penha, Manguinhos e Rocinha – em produção cultural e pesquisa.

O nome “Solos Culturais” implica o reconhecimento de que as favelas são solos férteis de onde brotam diferentes fazeres culturais. Solo remete a chão e cultivo, mas também às ações individuais dentro de um coletivo, como o solo de um músico em uma orquestra.

A realização pretende efetivar metodologias de mobilização social que, por sua vez, buscam produzir conhecimentos e experiências nas favelas. O grande legado, entretanto, é contribuir para consolidar esses territórios como solos para o cultivo de diferentes práticas culturais, assim como para formar solistas que vão criar, inventar e inovar.

As atividades formativas são diversas. Há aulas de fato, mas há também percursos pelo território, visitas a equipamentos culturais da cidade, troca entre as favelas, etc. Além disso, há intervenções culturais nas favelas e uma pesquisa em hábitos culturais a ser realizada nos territórios ao longo do projeto.

Anúncios

Sobre jorgesapia

Abduzido pela folia foi tentar entender esse fenômeno no bacharelado de Ciências Sociais da UFF e no Mestrado em Sociologia do IUPERJ. Com sua identidade secreta dá aulas de sociologia, cultura brasileira e Teoria Social do Carnaval em diversas instituições. Entre um semestre e outro, despede-se de seus alunos com um Meu Bem, Volto Já, saudação que acabou dando nome ao bloco que fundou no Leme. Durante o reinado de Momo compõe sambas para diversos blocos da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Olhem que interessante o site de solos culturais: http://solosculturais.org.br/

  1. Roberto Pagy disse:

    Muito boa a iniciativa! É o que postei em outro post na qual teríamos a Cidade da Música (hoje inativa) toda aparelhada para treinar e incentivar ainda mais esses jovens com a música e consequentemente tirando-os da mira do tráfico.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s