Entrevista com João Cezar de Castro Rocha sobre a noção de “Homem Cordial” na obra de Sérgio Buarque de Holanda.


Anúncios

Sobre jorgesapia

Abduzido pela folia foi tentar entender esse fenômeno no bacharelado de Ciências Sociais da UFF e no Mestrado em Sociologia do IUPERJ. Com sua identidade secreta dá aulas de sociologia, cultura brasileira e Teoria Social do Carnaval em diversas instituições. Entre um semestre e outro, despede-se de seus alunos com um Meu Bem, Volto Já, saudação que acabou dando nome ao bloco que fundou no Leme. Durante o reinado de Momo compõe sambas para diversos blocos da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Vídeo | Esse post foi publicado em Aulas complementos.. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Entrevista com João Cezar de Castro Rocha sobre a noção de “Homem Cordial” na obra de Sérgio Buarque de Holanda.

  1. Aline Pereira disse:

    Entrevista muito rica e que nos leva a pensar em nossas ações. Todos somos homens cordiais. Publicações como essas se fazem necessárias em meio ao dia a dia agitado das cidades em que apenas fazemos, não refletimos. Ótima publicação!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s