Considerações a respeito da retomada carnavalesca.


JORGE EDGARDO SAPIA (5) tecap

O trabalho  contextualiza e indica os atores que estão na base da retomada carnavalesca na cidade do Rio de Janeiro. A ideia de festa carnavalesca leva a pensar as disputas em torno do espaço público. Walter Benjamin é o autor que nos permite transitar nessa rede de reconhecimento e de reapropriação da cidade enquanto espaço comum e democrático. Ao valorizar a felicidade, o autor oferece pistas e brechas que tornam possível, ou pelo menos desejável, elaborar questões que implicam a articulação de fragmentos do passado e do presente abrindo novos horizontes não apenas nem necessariamente analíticos.

BLOCOS CARNAVALESCOS, ESPAÇO PÚBLICO, WALTER BENJAMIN, CARNAVAL.

Anúncios

Sobre jorgesapia

Abduzido pela folia foi tentar entender esse fenômeno no bacharelado de Ciências Sociais da UFF e no Mestrado em Sociologia do IUPERJ. Com sua identidade secreta dá aulas de sociologia, cultura brasileira e Teoria Social do Carnaval em diversas instituições. Entre um semestre e outro, despede-se de seus alunos com um Meu Bem, Volto Já, saudação que acabou dando nome ao bloco que fundou no Leme. Durante o reinado de Momo compõe sambas para diversos blocos da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Esse post foi publicado em Artigos, Blocos de rua, Carnaval e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s