Tatu or not tatu.


Segue o manifesto Tatu or not tatu

http://uninomade.net/tenda/manifesto-uninomade-10-tatu-or-not-tatu/

E já que de manifestos estamos a falar segue cá um de Álvaro de Campos

 

Ora porra!

Nem o rei chegou, nem o Afonso Costa morreu quando caiu do carro abaixo!

E ficou tudo na mesma, tendo a mais só os alemães a menos. . .

E para isto se fundou Portugal!

27-6-1916 Álvaro de Campos — Livro de Versos . Fernando Pessoa. (Edição crítica. Introdução, transcrição, organização e notas de Teresa Rita Lopes.) Lisboa: Estampa, 1993: 20.

Anúncios

Sobre jorgesapia

Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense , Mestre em Sociologia pela Sociedade Brasileira de Instrução - SBI/IUPERJ (2004). Professor temporário da UFRRJ e da Universidade Estácio de Sá e do IBMR. Atuando principalmente nos seguintes temas: direitos humanos, violência, cidadania, carnavalização.
Esse post foi publicado em Manifestos e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s