Os mercados e o suicídio coletivo.


Leitura recomendada para os Macristas, Aecistas, e Petistas com vocação Peronista,isto é, aqueles que acenam com uma mão a Deus e a outra ao Diabo.

Karl Polanyi tinha deixado claro em A Grande Transformação, as implicações sociais que a economia de mercado tinha produzido desde seu apogeu no século XIX. Hoje, Joseph Stiglitz, Nobel da Economia, esclarece que “os mercados jamais serão capazes de coordenar as iniciativas necessárias para tais mudanças. Seu papel é permitir a acumulação de riquezas, não garantir a satisfação das necessidades humanas. Para tanto, requerem-se investimentos e planejamento públicos: ‘gastos em infraestrutura, educação, tecnologia, meio ambiente e mudanças estruturais em todo canto do mundo’”.

http://outraspalavras.net/blog/2016/01/01/stiglitz-como-evitar-a-grande-queda-livre/

Anúncios

Sobre jorgesapia

Abduzido pela folia foi tentar entender esse fenômeno no bacharelado de Ciências Sociais da UFF e no Mestrado em Sociologia do IUPERJ. Com sua identidade secreta dá aulas de sociologia, cultura brasileira e Teoria Social do Carnaval em diversas instituições. Entre um semestre e outro, despede-se de seus alunos com um Meu Bem, Volto Já, saudação que acabou dando nome ao bloco que fundou no Leme. Durante o reinado de Momo compõe sambas para diversos blocos da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Esse post foi publicado em Globalização e Neoliberalismo, Relações Internacionais e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s