Meu amigo Corto Maltese


Blog da Boitempo

Por Luiz Bernardo Pericás.

Conheci Corto Maltese muitos anos atrás e desde o primeiro momento nos tornamos amigos. Há quem diga que o lendário aventureiro desapareceu de vez durante a guerra civil espanhola. Alguns chegaram até mesmo a afirmar que ele teria perdido a vida naquele conflito, combatendo nas Brigadas Internacionais. Não, isso não é verdade. Corto está bem, podem apostar. E cheio de energia e entusiasmo, como de costume. Sempre surgirá, entretanto, alguém para retrucar que se trata de algo impossível. Afinal, Maltese nasceu no dia 10 de julho de 1887, em Valletta (Malta). Ou seja, estaria completando 130 anos! Por favor, não deem ouvidos aos céticos e burocratas. E creiam em mim: o marujo alto, magro e pensativo, com seu quepe inconfundível e cigarro entre os lábios finos está mais ativo do que nunca.

Ver o post original 832 mais palavras

Anúncios

Sobre jorgesapia

Abduzido pela folia foi tentar entender esse fenômeno no bacharelado de Ciências Sociais da UFF e no Mestrado em Sociologia do IUPERJ. Com sua identidade secreta dá aulas de sociologia, cultura brasileira e Teoria Social do Carnaval em diversas instituições. Entre um semestre e outro, despede-se de seus alunos com um Meu Bem, Volto Já, saudação que acabou dando nome ao bloco que fundou no Leme. Durante o reinado de Momo compõe sambas para diversos blocos da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Esse post foi publicado em Textos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s