Alfredinho, sobrenome Bip Bip.


Terça-feira, dia 17 de setembro, Alfredinho faria 76 anos.
Vamos festejar sua memória e “presença” no seu eterno bar, com uma série de atividades (entre elas, o lançamento do livro “Alfredinho, sobrenome Bip Bip”).
Capa e projeto gráfico: Hortensia Pecegueiro
Fotos: Leninha Raposo
Edição: Myrrha
Todos os amigos estão convidados.

Sobre jorgesapia

Abduzido pela folia foi tentar entender esse fenômeno no bacharelado de Ciências Sociais da UFF e no Mestrado em Sociologia do IUPERJ. Com sua identidade secreta dá aulas de sociologia, cultura brasileira e Teoria Social do Carnaval em diversas instituições. Entre um semestre e outro, despede-se de seus alunos com um Meu Bem, Volto Já, saudação que acabou dando nome ao bloco que fundou no Leme. Durante o reinado de Momo compõe sambas para diversos blocos da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Esse post foi publicado em Cidade, Livros, Memória. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Alfredinho, sobrenome Bip Bip.

  1. Pingback: Uma noite no Bip Bip, o menor maior boteco do Rio de Janeiro. | A festa é boa para pensar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.