LOUCURA SUBURBANA. Rio de Janeiro. Brasil


Loucura Suburbana

Chegar por volta das 16 horas, na quinta-feira que antecede a folia de Momo, na praça do bairro do Engenho de Dentro é experimentar o maravilhamento de quando se conhece pela primeira vez carnaval. Uma multidão fantasiada aguardando para sair pelas ruas do bairro, atrás da bateria Ensandecida, formada pelos alunos e amigos da Oficina de Percussão. O colorido e a arte das alegorias e das fantasias produzidos artesanalmente nos ateliês criativos do Instituto Municipal Nise da Silveira emocionam.

O Bloco Carnavalesco Loucura Suburbana foi criado em 2001 como uma iniciativa de romper os muros do hospício e resgatar o carnaval de rua do Engenho de Dentro, integrando usuários, familiares e funcionários da rede de saúde mental, com os moradores do bairro e adjacências, construindo os laços de uma comunidade a partir da maior festa popular brasileira.

 
Essa iniciativa já recebeu várias premiações e em 2010 o Loucura constituiu-se no primeiro Ponto de Cultura em saúde mental da cidade do Rio de Janeiro. Com isso passou a oferecer atividades permanentes abertas à população e gratuitas, comprometidos com o resgate da memória do samba, da folia momesca e da cidadania.

A proposta do Loucura Suburbana caiu nas graças dos cariocas que saem de vários pontos da cidade seduzidos pela alegria e pela proposta inclusiva do bloco, que ao longo dos últimos vinte anos foi capaz de construir novas redes afetivas e simbólicas.

Seus sambas brincam com o universo da saúde mental e questionam limites e preconceitos, com poesia e graça. Afinal de contas, dentro e fora do carnaval:

Somos iguais, escute a nossa voz

Loucos somos todos nós!

Loucos por saber,

Loucos pra viver

Sobre jorgesapia

Abduzido pela folia foi tentar entender esse fenômeno no bacharelado de Ciências Sociais da UFF e no Mestrado em Sociologia do IUPERJ. Com sua identidade secreta dá aulas de sociologia, cultura brasileira e Teoria Social do Carnaval em diversas instituições. Entre um semestre e outro, despede-se de seus alunos com um Meu Bem, Volto Já, saudação que acabou dando nome ao bloco que fundou no Leme. Durante o reinado de Momo compõe sambas para diversos blocos da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Esse post foi publicado em Blocos de rua, Carnaval, Cultura, Filmes, Letras e sambas, Memória e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para LOUCURA SUBURBANA. Rio de Janeiro. Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.