Discípulos de Oswaldo. Salve a Fiocruz


O bloco Discípulos de Oswaldo surgiu em 2002 com um duplo objetivo: integrar os trabalhadores da Fiocruz com o entorno, principalmente os moradores da comunidade do Amorim, e assumir o desafio de falar sobre saúde de uma forma irreverente. Bem sucedidos na proposta, já tiveram sambas que falavam sobre febre amarela, dengue, febre aftosa, SUS, meio ambiente. Aliás, os sambas são tão criativos e empolgantes que dão muito trabalho ao corpo de jurados que tem a difícil missão de escolher o samba do ano.

O bloco que faz parte do Sindicato do Trabalhadores da Fiocruz (Asfoc) reúne representantes de várias escolas de samba em sua agremiação. Leonardo Bessa, Dudu Botelho e Waléria do Cavaco puxadores oficiais do Acadêmicos do Salgueiro, alegram com sua ginga e voz os desfiles do Discípulos. Mestre Chúla faz parte da bateria da União da Ilha do Governador e é o responsável pela oficina de percussão que vêm formando ritmistas para o bloco.

O clima de confraternização e alegria contagiantes fazem parte de todo o processo de preparação da folia: da festa de escolha do samba, dos ensaios e do desfile. Mais de mil foliões seguem o cortejo, que acontece nas quartas-feiras que antecedem o carnaval oficial. Reconhecimento, orgulho e solidariedade marcaram o emocionante encontro dos blocos Meu Bem, Volto Já e Discípulos de Oswaldo em torno da celebração dos 120 de existência da Fiocruz, no carnaval de 2020. Abismados e indignados com o descaso e o desmonte que ameaçavam e ameaçam a saúde pública no Brasil, jamais poderíamos imaginar que essa instituição centenária teria um papel tão radicalmente central em nossas a partir desse momento.

Você pode não saber, mas a Fiocruz está dentro de você. Salve a Fiocruz, salve a ciência. A vacina é um direito de todo o cidadão.

Sobre jorgesapia

Abduzido pela folia foi tentar entender esse fenômeno no bacharelado de Ciências Sociais da UFF e no Mestrado em Sociologia do IUPERJ. Com sua identidade secreta dá aulas de sociologia, cultura brasileira e Teoria Social do Carnaval em diversas instituições. Entre um semestre e outro, despede-se de seus alunos com um Meu Bem, Volto Já, saudação que acabou dando nome ao bloco que fundou no Leme. Durante o reinado de Momo compõe sambas para diversos blocos da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Esse post foi publicado em Blocos de rua, Carnaval, Cidade, Cultura, Documentarios, Filmes. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Discípulos de Oswaldo. Salve a Fiocruz

  1. 👏👏👏👏💕💕💕💕

    Curtir

  2. elianefuchs disse:

    O desfile de 2020, unindo os blocos Meu bem volto já
    e Discípulos de Oswaldo foi sensacional. Uma grande homenagem aos 120 anos da Fiocruz.
    E eu estava lá, como sempre fantasiada e com uma fantasia em homenagem as mulheres cientistas e pesquisadoras
    Vacina um direito de todos.
    #Fiocruz

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.