Paco de Lucia.

Buen dia.

www.youtube.com/watch

Publicado em Textos | 2 Comentários

Mardi-Gras, Terça-feira Gorda!

De J. Carlos a Peter Brueghel. Salve o carnaval.

Peregrinacultural's Weblog

J. CARLOS (1884 - 1950) - Tempo de Carnaval, rara aquarela sobre cartão, capa da revista Fon-Fon, med. 35 x 22,5cm, assinada e localizada Rio.Tempo de Carnaval

J. Carlos (Brasil, 1884 – 1950)

aquarela sobre cartão (capa da revista Fon-Fon),  35 x 22 cm

Muitos já esqueceram que o Carnaval marcava originalmente um único dia.  A palavra Carnaval, de acordo com Antonio Houaiss,  é originária no latim clássico CARNEM LEVÁRE, ( “abstenção de carne”).  Essa expressão está presente em diversos dialetos italianos,  aparecendo na língua falada em Milão em 1130,  CARNELEVALE, aparecendo no italiano do século XIV como CARNEVALE.  Foi para o francês em 1552 como CARNEVAL e 130 anos mais tarde, em 1680 como CARNAVAL.  Nessa forma é adotada pelas outras línguas europeias, no século XVII.

Abstenção de carne?  Sim, porque é nesta terça-feira (e o Carnaval propriamente dito é terça-feira) que se encerra o período que antecede a Quaresma, compreendendo os 40 dias antes da Semana Santa e Páscoa. Ela se inicia na Quarta-feira de Cinzas e termina no…

Ver o post original 320 mais palavras

Publicado em Textos | Deixe um comentário

O Olavo do mercado

Desregulamentação, concentração da riqueza e pauperização da população no horizonte da terra plana.

Blog da Boitempo

Por Luis Felipe Miguel.

Nas eleições do ano passado, diante da inviabilidade eleitoral de seus candidatos, os grupos dominantes do Brasil se viram frente a uma encruzilhada. Podiam reabrir um caminho de negociações com o PT, que lançara um candidato presidencial mais do que palatável, Fernando Haddad, e assinalava com clareza sua disposição para pactuar um lulismo 2.0, adequado às condições adversas do pós-golpe de 2016. Esse caminho implicava restabelecer algum grau de vigência da Carta de 1988 e alguma moderação no frenesi pela destrutiva de direitos e de políticas de proteção social. A outra opção era apoiar um candidato destemperado e despreparado, notabilizado por seu discurso histriônico de apologia à violência e com notórias ligações suspeitas com grupos criminosos. A burguesia, as elites políticas tradicionais, a imprensa e as classes médias não titubearam e escolheram a segunda opção.

Ver o post original 1.055 mais palavras

Publicado em Textos | Deixe um comentário

La ESMA, lugar sin editar si los hay – Revista Haroldo

El último número de  la Revista Haroldo, publicación del Centro de Memoria Haroldi Conti, de Buenos Aires,  trae una matéria de Daniel Schiavi sobre el espacio de memoria y derechos humanos recuperado da  la Escuela de Mecánica de la Armada – ESMA.

La ESMA fue uno de los 364 Centros Clandestinos de Detención (Argentina). Los centros clandestinos de detención (CCD) fueron instalaciones secretas empleadas por las fuerzas armadas y de seguridad para ejecutar el plan sistemático de desaparición de personas implementado por la dictadura militar que ocupó el poder en la Argentina en Marzo de 1976.

La ESMA, lugar sin editar si los hay – Revista Haroldo

esmainterior1

Fonte: La ESMA, lugar sin editar si los hay – Revista Haroldo

Publicado em Artigos, Direitos, Direitos Humanos, Memória, Textos | 2 Comentários

Um pulo pela arte abstrata: As 11 mais famosas do mundo.

Post interessante sobre arte abstrata. Espero que meus alunos de artes visuais aproveitem.

Pensamencontos

Olá meus belos!

Vamos seguir abaixo, com um pouco de arte abstrata. Movimento esse que eclodiu lá pelo começo do século 20, com o grande Wassily Kandinsky que foi professor da grande Bauhaus, como precursor. (o cara era fera!) Até onde sei o primeiro desejo dele era ser músico. Depois passou a investir no setor jurídico, profissionalmente. Mas abandonou, e se dedicou integralmente às artes plásticas. Mas ainda assim, a música em si lhe foi sempre fonte de inspiração forte na composição de suas telas (E que telas!) O abstracionismo, de longe, tem um lugar bem destacado nos meus gostos por quadros. Sinceramente, sou um completo apaixonado pelo estilo, total mesmo. Acho muito engraçado (não é ironia, ninguém é obrigado a gostar) quem diz “desde quando isso aqui é arte? Um emaranhado sem sentido de cores e rabiscos!” Hahaha! É realmente complexo no sentido visionário, e requer uma certa sensibilidade…

Ver o post original 620 mais palavras

Publicado em Textos | Deixe um comentário

Giorgio Agamben. Deus não morreu, ele tornou-se dinheiro.

https://www.revistaprosaversoearte.com/giorgio-agamben-deus-nao-morreu-ele-tornou-se-dinheiro/

Publicado em Textos | Deixe um comentário

Teoria da evolução pré Darwin.

https://bbc.in/2F7l02r

Publicado em Textos | Deixe um comentário