Arquivo da categoria: Crônicas

Cenas do cotidiano

Pivete na esquina Guarda de mutuca Querendo salvar um qualquer Pra complementar o orçamento do dia Madame na rua passeando o cachorro E um pega ladrão É bom se benzer Meu São Jorge socorro Em dia de feira Carrinho entulhado … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | Deixe um comentário

EU SAIO TODOS OS DIAS

Meu amor eu fico em casa Mas saio todos os dias A imaginação é fértil  A esperança auxilia Solto as velas e velejo Vou além do horizonte Fico aquém do meu desejo Nossa utopia é meu norte Escuto, observo, fuxico … Continuar lendo

Publicado em Crônicas, Música | Marcado com , | Deixe um comentário

Não gosto de manual.

Detesto manual. Gosto de muitas coisas, mas detesto manual. Tento sempre deixar isso muito claro para evitar qualquer desentendimento. Nas redes de relacionamento, por exemplo, meu perfil é transparente: gosto de canto orfeônico; de harpa; de ler, antes de dormir, … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | 4 Comentários

Copacabana.

Publicado originalmente em A festa é boa para pensar:
Faz dois dias que chove no Rio de Janeiro e eu aqui, cantarolando Carioca de Adriana Calcanhotto e fazendo uma reverência para sua afirmação: “Cariocas não gostam de dias nublados”. https://youtu.be/uJ0uoa7389k Meio…

Publicado em Cidade, Crônicas, Fotos, Uncategorized, Viagens | Deixe um comentário

O Exame.

Ano passado precisei, por recomendação médica, fazer uma série de exames. Entre eles, uma ultrassonografia abdominal total. Duro e sem plano de saúde, minha médica recomendou procurar a Escola de Ultrassonografia Rio de Janeiro, no bairro carioca do Catete. A … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | 4 Comentários

Afonso Henriques de Lima Barreto e a Política Republicana.

“A República no Brasil é o regime da corrupção. Todas as opiniões devem, por esta ou aquela paga, ser estabelecidas pelos poderosos do dia. Ninguém admite que se divirja deles e, para que não haja divergências, há a ‘verba secreta’, … Continuar lendo

Publicado em Cidade, Crônicas, Cultura | Deixe um comentário

Ninguém merece!

Terça-feira 31 de março fui dormir cedo embalado no som amigo do janelaço. Fui dormir pensando nos companheiros que se incorporaram a essa disritmia coletiva com a clara consciência que não era só uma manifestação contra os pusilânimes que nos … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | 1 Comentário

O que será, que será, que andam suspirando…

Xadrez da facada de Adélio, o enigma político da década, que permanece sem solução, por Luís Nassif

Publicado em Crônicas, Música | Deixe um comentário

Camisetas: arte para navegar nas ruas da cidade 2.

Esta galeria contém 3 fotos.

Publicado originalmente em Bloco Carnavalesco Meu Bem, Volto Já!:
Contamos novamente com o carinho de diversos artistas que tem colaborado com a imagem visual do bloco. Meu querido parceiro Flavinho sete cordas foi o responsável pela camiseta em homenagem a…

Galeria | Deixe um comentário

Catraca mané!

Catraca mané! O gestor público acordou sobressaltado com essa ideia na cabeça. Qualquer criatura de bom senso teria virado de lado e continuado a dormir, esquecendo o que jamais poderia ser considerado como ideia e muito menos com uma ideia … Continuar lendo

Publicado em Cidade, Crônicas | 3 Comentários